quarta-feira, julho 21, 2010

Só por Encanto, Só por enquanto...

Enquanto o silêncio prevalece
Enquanto as pessoas dormem
Enquanto entoar uma prece
Enquanto os desejos consomem
Enquanto de abrigo carece
Enquanto suas lágrimas somem
Enquanto seu grito emudece
Enquanto os outros não comem
Enquanto ele não aparece
Enquanto for só mais um homem.

Enquanto eu puder gritar
Enquanto eu puder cair
Enquanto eu quiser levantar
Enquanto eu conseguir sair
Enquanto aqui for meu lar
Enquanto eu não puder partir
Enquanto outro não encontrar
Enquanto não puder mais sentir
Enquanto dele não gostar
Enquanto eu puder dormir...

Por enquanto,
Nasce o encanto
Neste canto...
O meu recanto.

Um comentário:

Antônio José Xavier (Apolo) disse...

-Por enquanto,
Nasce o encanto
Neste canto...
Meu recanto.

Perfeito isso Di.