quinta-feira, julho 15, 2010

Amor Fabricado

Aquele nosso amor

Virtualmente fabricado

Já deu o que tinha que dar

Já está desenganado


Na verdade eu bem queria

Ir contigo até o final

Mas o mundo hoje em dia

Deixa tudo mais banal


Estou começando agora

A tentar compreender

Estes códigos de conduta

Desse modo de viver


Cada amor que se compra

Na internet ou no jornal

Me faz constatar por certo

Que sou anti-social


Mas o rumo dos afetos

É mesmo não se apegar

Se hoje dizem te amo

Amanhã vais passear


Antônio José Xavier (Apolo)

2 comentários:

Diana Athenas disse...

Hahaha...
Eu "sidentifiquei" muito com essa aki!
O piriga Apollo sempre atravessa as mesmas fases q eu!!!
Eu tô querendo deixar essa vida de piriga virtual! =/

Antônio José Xavier (Apolo) disse...

-Brigadoo amigas. E eu q tô entrando nessa vida agora! Viva as Perigas virtuais!!! ... Ha haha ha...